22.12.06

76

Jazz é igual caviar: ruim pra caralho! Mas temos que "consumir" pra manter a pose.

5 comments:

reles said...

Não ouço jazz com frequencia, mas não dá pra falar que é um gênero "poser", de elite.Quando ouvi Miles Davis ou os new jazz do Bad PLus descobri a fonte onde os outros gêneros foram buscar a arte da improvisação. Ah, até a nossa tão popular bossa nova é uma adaptação forjada das melodias de jazz...Pergunte ao Tom Jobim pra vc ver

Michel Seadini said...

Reles: Eu acho Jazz uma chatice só!

Flávia said...

chato é vc!

(Só pq hj eu toh bem mulherzinha, não mais loira, porém continuo sem argumentos para com aquilo que me emociona)

Vc é mto chato!!!!!

Fabíola said...

Mas dizer que todo o jazz é chato é maluquice. Porque Ray Charles é jazz, Frank Sinatra é jazz. Então, eu concordo que é meio difícil gostar de todas aquelas firulas improvisadas no saxofone, em músicas que para mim, leiga como uma besta, parecem não ter começo, meio, nem fim. E não têm refrão!!!
Mas até nossos amados Los Hermanos se utilizam dos metais...enfim, o jazz está em todo lugar, impregnado.

Camil said...

AMO Jazz,sabes disso,agora mesmo estou ouvindo.Vim para dizer que dava tudo para bater um papo contigo agora,neste exato instante.