24.11.06

68

As coisas nunca devem simplesmente passar. Elas tem por obrigação tornarem-se pequenas antes.

7 comments:

Srta. Bia said...

Vou ler o Millôr.

Anonymous said...

Michel Seadini diz:
vc não passou, pq não se tornou pequeno, entende?
Michel Seadini diz:
tudo se tornou pequeno... vc não.
Nathália diz:
será q um dia vou simplesmente "passar" ?
Nathália diz:
não devo me preocupar com isso
Nathália diz:
o q importa é hj
Michel Seadini diz:
tomara que não... pq eu adoro assim.


Não deu pra dizer, mas eu tb "adoro assim"!!! rsrsrsr

Anonymous said...

Michel Seadini diz:
vc não passou, pq não se tornou pequeno, entende?
Michel Seadini diz:
tudo se tornou pequeno... vc não.
Nathália diz:
será q um dia vou simplesmente "passar" ?
Nathália diz:
não devo me preocupar com isso
Nathália diz:
o q importa é hj
Michel Seadini diz:
tomara que não... pq eu adoro assim.


Não deu pra dizer, mas eu tb "adoro assim"!!! rsrsrsr

ju said...

nhack! (mordendo a maçã e tentando não pensar no óbvio)- lari-lá

reles said...

Não diria pequenas, mas distantes...porque mesmo longe, algumas coisas tendem a não diminuir...abraço

Flávia said...

down riiiiii down rawwwwww....

Li isso na sexta. passei o fds em frente a uma geladeira de sorvete tentando me lembrar das palavras exatas deste post e resistir aos sorvetes. Muito trabalho pra uma loira despretenciosa!

É mto bom voltar a vida e saber q vc tah por ai, vivendo!

Fabíola said...

As coisas passam, só o cobrador não passa.

Ahn. Não deu certo. Preciso de um cigarro.